Notícias | Dicas para manter as crianças seguras em condomínios

Dicas para manter as crianças seguras em condomínios

O cuidado com as crianças em todos os lugares tem que ser redobrado, não é mesmo? Afinal, elas possuem tanta energia que podem ficar expostas aos riscos para sofrerem acidentes. No condomínio, esse cuidado não é diferente, pois, neste local, os acidentes também podem acontecer.

Hoje, separamos algumas dicas para cuidar das áreas comuns e também interiores do condomínio e garantir segurança das crianças.

No interior dos apartamentos

O interior dos apartamentos, assim como em uma casa, também pode oferecer diversos riscos às crianças, porém com dois detalhes peculiares e relevantes: janelas e sacadas.

Devido à altura, esses pontos são extremamente perigosos, por isso, uma boa solução é instalar grades e telas de proteção.


Áreas comuns

Piscina

Normalmente, as crianças são apaixonadas por água, principalmente nas piscinas. Porém, ela representa um grande risco. Por isso é importante que se coloque portões e grades ao redor do local, aumentando a segurança para o acesso. Além disso, a colocação de pisos antiderrapantes evita escorregões e quedas.

Playground

O playground é o paraíso das crianças para correr, pular e brincar muito. Porém, também pode ser um local arriscado para elas. Pisos emborrachados podem evitar desde um joelho ralado até um trauma mais grave.

Outro ponto são os parafusos soltos dos brinquedos. O certo é sempre colocar protetores para que não fiquem aparentes e assim evitar cortes. Arredondar a quina dos brinquedos também é uma ótima medida para evitar traumas e machucados graves.

Estabelecer horários também pode ser uma medida preventiva, tanto para evitar acidentes, quanto para aglomerações e segurança para a Covid-19.

Os brinquedos devem ser inspecionados regularmente para prevenir quaisquer defeitos, bem como seguir as normas da ABNT.

Elevadores

As crianças devem estar sempre acompanhadas e também é bom que se coloque placas no térreo alertando que o elevador está em serviço e desligue a chave de geral impedindo o acionamento do elevador em casos de emergência.

Garagens e áreas de acesso restrito

Esse local pode ser muito perigoso para as crianças, pois elas podem se perder e ficarem no ponto cego dos carros que estão andando, devido à baixa estatura. Além do mais, corre o risco de elas saírem do condomínio pela garagem.

Escadas

Utilizadas muitas vezes para correr pelas crianças, as escadas são pontos de quedas. Por isso, é importante sempre iluminação necessária e também a colocação de piso ou faixa antiderrapante e corrimão.

Como fazer todos seguirem as regras?

A conscientização deve ser um hábito regular para todos os moradores, por isso, o síndico deve sempre incentivar o conhecimento das normas do condomínio nas reuniões.

Também é necessário que seja explorada a comunicação impressa de cartazes informativos nos locais de maior circulação.

Caso essas regras não sejam seguidas, cabe ao síndico tomar a decisão se aplicará multa ou advertência aos moradores e pais responsáveis.

Referências:
tudocondo.com.br/criancas-no-condominio
aciradm.com.br/criancas-em-condominios-quais-cuidados-sao-os-ideais/
administradores.com.br/noticias/regras-de-convivio-para-criancas-em-condominio

Voltar
Anuncio APC Associação de condomínios Anuncio APC Associação de condomínios Anuncio APC Associação de condomínios
Fale Conosco Whatsapp